Yoga, a transformação silenciosa

Sobre a aceitação
13 de abril de 2018
Como amar a si mesmo?
23 de abril de 2018

Muito se tem ouvido falar sobre yoga e seus benefícios, e muitas são as pessoas que tem buscado esse recurso como forma de obter uma vida mais plena e harmoniosa.

É importante ressaltar que essa busca pode ter muitas motivações, sejam elas ligadas às performances físicas, aumento da flexibilidade e força, ao equilíbrio interior ou mesmo ao status de fazer parte de um seleto grupo de pessoas que procuram cuidar de si, tendo essa filosofia milenar como base de apoio. De alguma forma ocorre esse encontro entre o buscador e o Yoga, e a partir daí tudo pode mudar.

Assistindo ao documentário “Awake: A Vida de Yogananda” fiquei muito tocada, em um certo momento, quando uma pessoa vai fazer o retiro com ele e diz que sempre se sentiu muito forçada a fazer o que todos dizem que é certo. Sempre sentiu uma pressão para agradar o outro e um grande incômodo por ser julgado. Que isso atuava como uma força castradora na sua vida e a incomodava muito. Então, ela pergunta ao Mestre:

“Com a prática do Yoga eu posso ser livre e fazer o que eu quiser? Por exemplo: Eu posso fumar?”

Yogananda responde: “Sim, você pode fumar.”

“Eu posso beber?”

“Sim, você pode beber.”

“Eu posso praticar sexo de forma permissiva?”

O Mestre responde calmamente: “Sim, você pode praticar o sexo que você quiser.”

O aluno nesse instante se sente confuso e questiona:

“Então quer dizer que eu posso praticar yoga e fazer tudo o que eu quiser?”

Yogananda acena positivamente, confirmando que ele poderia fazer o que quisesse.

Nesse instante há uma pausa silenciosa e o Mestre acrescenta:

“O que eu não posso garantir é que, após conhecer e vivenciar a filosofia do yoga, você vá querer fazer todas essas coisas outra vez.”

Com base nesse rico diálogo, trazemos a reflexão sobre o aprofundamento dessa filosofia. Yoga gera transformação interior. Passamos a meditar sobre o que faz sentindo em nossa vida, abre-se uma porta de dentro para fora e conseguimos nos conectar com nossa essência divina. Brota nossa alegria de viver, e com ela a gratidão, a paciência, a sensibilidade e a leveza, e então a interação com o mundo a nossa volta muda completamente. Yoga é vida em movimento. É respeito, amor e compaixão. A prática regular do yoga promove mudanças incríveis.

Que possamos seguir firmes no propósito de nos tornarmos pessoas melhores conosco, com o outro, com o mundo e com Deus.

Paz, luz e alegria!

Silvia Dorian
Silvia Dorian
É yogini, terapeuta de barras de access, meditadora e professora de yoga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.