Boas perguntas sobre yoga

As linhagens da yoga
12 de abril de 2018
Para começar a meditar
12 de abril de 2018

Qual a diferença entre exercícios de Yoga e de Ginástica/Academia?

  1.  Abrangência.  Os exercícios de ginástica visam desenvolver o corpo, fortalecer e tonificar os músculos, e sem dúvida contribuem para o bem-estar e estética. A yoga é mais abrangente: além de desenvolver o corpo e gerar bem-estar e boa forma física, visa principalmente o desenvolvimento de faculdades e qualidades mentais, como concentração, relaxamento e serenidade.
  2.  Método. A ginástica de maneira geral trabalha com exercícios extenuantes para os músculos, que podem gerar fadiga, rigidez muscular e lesões. Ainda, em contextos competitivos e comparativos, podem despertar memórias e emoções negativas, gerar estresse e desgaste mental e criar tensões internas. A yoga trabalha com movimentos lentos, conscientes e graduais, com respiração e relaxamento adequados. Assim se preserva a integridade dos músculos e também se cultiva a paz e o bem-estar interior.

Yoga ajuda a perder peso?

Os exercícios da yoga não visam queimar calorias, portanto não contribuem diretamente para a perda de peso. Porém, eles nos convidam a ampliar a consciência que temos sobre nós mesmos, tanto do corpo quanto da mente. Pode contribuir com a perda de peso ajudando a perceber e trabalhar nossos padrões mentais, como estresse e ansiedade, que causam desequilíbrios alimentares e sobrepeso.

Por que as aulas duram 1h30?

As aulas no método Sivananda começam com os prāṇāyāmas, exercícios respiratórios, que são seguidos por algumas voltas de Sūrya-namaskarā, saudações ao sol e pela série de 12 āsanas, posturas básicas e se encerram em śavāsana, relaxamento final. Ainda, como o foco do método é gerar internalização e relaxamento profundos, são realizados relaxamentos entre cada postura. Assim, o tempo adequado para a prática é de 1h30.

Posso praticar sozinho? Nesse caso, existe um tempo mínimo ou máximo para a prática?

A prática pode ser feita sob condução própria. O método Sivananda é inclusive favorável para isso, pois com alguns meses de prática, o praticante memoriza a sequência da aula e pode reproduzi-la em casa, por exemplo. Para isso, é muito importante que ele já tenha domínio sobre a técnica das posturas, de forma a evitar erros que possam acarretar em lesões. Enquanto ele não desenvolve a consciência corporal necessária, é crucial que siga as orientações de um professor, de forma a preservar a sua integridade.

Sobre o tempo, recomenda-se realizar a aula completa de 1h30 sempre que possível. Se não for possível, pode-se reduzir o número de voltas da saudação ao sol e o número de posturas. Os pranayamas e o relaxamento final são considerados os elementos mais importantes da prática, pois geram os maiores benefícios e purificação do corpo sutil: deve-se buscar preservá-los na prática com tempo reduzido.

Caso você tenha alguma dúvida sobre a prática de yoga, sinta-se à vontade para nos escrever!

Que haja virtude!

 

Lucas Ghisleni
Lucas Ghisleni
Professor de yoga e meditação do Espaço Maitri. Graduado em Física, pós-graduado em Transformação de Conflitos e Estudos de Paz e professor do programa Cultivating Emotional Balance.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.